Banana para o Flamengo de Melo

O lado bom de um gestor competente é que ele faz os projetos andarem e as coisas acontecerem. O lado ruim é que mesmo com uma visão míope e distorcida das coisas, ele vai fazer elas acontecerem do jeito que ele quer.

Vamos a obrigação:
A contabilidade do Bandeira de Melo tem sanado as finanças do clube.

Mas qual clube?

Só se enxergam números e nada mais.

A baila da evolução contábil, o Flamengo desaparece da vista dos seus torcedores.

Onde está a maior torcida do Brasil? Na Arena da Ilha?
Com 14.071 pessoas por jogo, na 9a posição em média de público no brasileirão.
Na ideia de construir uma arena pra 50 mil pessoas?

Onde estão os jogadores identificados com o clube?

Onde está a raça?

Onde estão os dirigentes que cobram e sofrem com as derrotas?

Onde está o povo que frequentava as arquibancadas? Que cobrava nos treinos?

Onde está o Flamengo?

A questão passa longe de título.
Título não é tudo no futebol: quem gosta sabe.
Nem tudo é pra contar vantagem.

O Flamengo que esse homem constrói ganha dinheiro e ponto.
Mas não é o Flamengo, é um avatar perverso do clube.

Um avatar que se afasta da paixão para ganhar áreas de empresa.

E ninguém torce pra Sadia nem pra Perdigão.

Eu nunca senti isso, vontade de abandonar.
Não consigo torcer pra esse flamengo.

Na ânsia de fazer do Flamengo potência econômica.
Arriscam perder o Flamengo em si, e sua relevância cultural.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s