REGRAS CLÁSSICAS DO FUTEBOL DE RUA

1 – Quem tira o time são os dois melhores. RIVALIDADE se cultiva o tempo todo.

2 – Na hora de escolher Camisa ou Bola, todos brigam para ficarem sem camisa. Que uniformizinho o quê! O lance é fugir do calor dos INFERNO.

3 – Chuteiras, tênis coloridos, tudo isso é totalmente PROIBIDO. O lance é descalço. No tampão do dedão dando efeito na redonda. No máximo é aceito um Penalty Morruga, Topper ou Rainha Volei.

4 – Ser escolhido por último é um pesadelo. Mas fazer o gol da vitória sendo o último a ser escolhido é como vencer uma guerra sem armas. APOTEÓTICO.

5 – Caso não exista nenhum doente no território, um exímio CATADOR, o pior atleta vai para o gol e aí começa um sistema de rodízio SAFADO onde os melhores sempre dão migué no final.

6 – O gol é feito por 2 chinelos surrados ou “pintado” com alguma pedra. A altura não é precisa. Perfeita para discussões sem fim, onde o que vale é o time que argumentar melhor. O futebol é o esporte do IMPRECISO.

7 – Alto e gordo? Um ótimo ÚLTIMO HOMEM. Líbero? Que isso. SARRAFEIRO FINAL.

8- Juiz? claro que não. PEDiU-PAROU ou PAU-QUEBRA. Só existem essas opções. Não existe lateral, tiro de meta, nada. Só fim de rua, bola no CORGO, carro atrapalhando o rolê, etc.

9 – Sangue é algo natural durante o CERTAME. Nada de parar a partida, trocar uniforme, ligar para o tio do vizinho do amigo médico. SEGUE O JOGO.

10 – Joelhos ralados, unha preta, dedo adormecendo, boca sangrando, nariz escorrendo sangue pelo calor ou trombada, tudo é do jogo. SEGUE.

11 – BICOU a bola na casa do vizinho? Quem chutou busca, valendo tocar a campainha ou já ir pulando o muro. Caso seja o Gordo zagueiro que não consiga realizar tal feito, vale pedir para alguém do PRÓPRIO time. Isso causa uma dívida interna que deverá ser paga em breve, como o amigo Gordinho liberando uma cola em provas e coisas do tipo. A decidir.

12 – A figura do vizinho ASSASSINO. Aquele Senhor que sempre promete rasgar a bola com a faca e que às vezes cumpre a promessa. Em outros casos de LOUCURA, o senhozim sai mostrando o REVORVE na cintura.

13 – Não existe tempo regulamentar. O jogo pode estar 17×6 e todos querendo parar. Lógico que não se acaba assim. Para motivar? ZEROU ZEROU ZEROU. Quem fizer 3 ganha e se ficar 2 a 2 vai até 4 e assim por diante. É como se o espírito mata-mata tivesse dentro do nosso SANGUE, do nosso DNA, da nossa NATUREZA.

14 – FUTEBOL DE RUA NÃO TEM REGRA.

SAUDADE?

#RIPfutebol

 

por Ricardo Morais

Anúncios

5 comentários sobre “REGRAS CLÁSSICAS DO FUTEBOL DE RUA

  1. Na época tinha mais ou menos uns 15 times pra jogar na rua…

    Aquele “mooonte” de “muleque” e a regra era “básica”:

    “10 minutos ou 2 gols…”

    Tempo bom que não volta nunca mais!

    Curtir

  2. Bateu saudades de perder a tampa da joanete na saudosa Joinville. Como eu era ruim de bola… mas me divertia

    Curtir

  3. Não sei se na rua de vcs era assim, mas na minha qdo se falava PAROU PAROU pra algum carro, era pra ficar aonde estava, como se fosse um futebol-estatua hahahaha ainda mais se alguém estivesse no contra ataque hahaha

    E outra, na rua q meu primo morava, era uma ladeira, então a gente fazia assim Vira 3 acaba 6 (qdo se tinha mais de 2 times), num contra era vira 5 acaba 10, pra td mundo jogar à favor da descida hahahahah meu Deus, como era louco isso e eu era ruim de bola que chegava a doer hahahahah

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s