Grandes Jogadores Que Nunca Venceram Uma Copa Do Mundo – Parte 1

Atualmente, o polêmico prêmio de Melhor Jogador do Mundo é praticamente uma certeza para o jogador que realizar uma grande Liga de Campeões da Uefa. Em ano de Mundial, o “critério” adotado é a Copa do Mundo. Controvérsias a parte, é certo que muitos craques não seriam nem apontados como possíveis melhores do mundo, no que dependesse da conquista de um Mundial de Seleções.

Seja pelo fato de ter nascido em um país sem tradição no futebol, seja por contusão, ou por puro azar, muitos gênios não tiveram o prazer de levantar a Taça de Campeão do Mundo, ao passo que Luca Toni, Belleti, Petit e tantos outros jogadores medianos (ou pernas de pau mesmo) já foram campeões.

Vamos a alguns desses jogadores que não conseguiram sucesso em Copas do Mundo, e o motivo do insucesso:

Peter Schmeichel : O goleiro dinamarquês, um dos melhores do final da década de 80 e da década de 90, foi reserva na Copa de 86, onde a “Dinamáquina” foi apresentada ao mundo. Na Copa de 90, a Dinamarca não se classificou. Na Eurocopa de 92, entrou como intrusa e foi campeã. Nesta edição do torneio Schmeichel foi o destaque do time.Novamente, na Copa de 94, nada de classificação. Dessa forma, Schmeichel foi jogar sua única Copa em 1998, já com 35 anos. E a Dinamarca foi eliminada pelo Brasil nas quartas de final. Schmeichel conquistou tudo o que pode em sua passagem pelo Manchester United.Mas o fato de ter nascido na Dinamarca não colaborou muito para que pudesse levantar uma Taça da Copa do Mundo.

peter

Paolo Maldini: Esse tinha tudo pra ser campeão. Era um defensor fenomenal, sem dúvidas um dos melhores de sua geração, e de todos os tempos. Nasceu na Itália, país de tradição monstruosa. Quando nasceu, a sua Itália já era bi campeã do mundo. Em 1990, jogando em casa, a Azzurra ficou em terceiro lugar. Em 1994, foi vice campeã, perdendo a final para o Brasil. Em 1998, eliminação nos pênaltis contra a França, nas quartas de final. Em 2002, em um jogo com uma arbitragem no mínimo polêmica, derrota para a Coréia do Sul. Maldini se aposentou da seleção após a Copa. Recebeu convite para voltar em 2005. Recusou. E por uma daquelas coincidências que só o futebol explica, em 2006, já sem Paolo, a Itália ganhou a Copa do Mundo.Seria Maldini um cara azarado? Talvez…

peter

Michel Platini: Se como presidente da UEFA, Platini faz um esforço gigantesco para agradar a tudo e a todos (principalmente federações que lhe ajudem a virar presidente da FIFA um dia), dentro do campo o francês não precisava se esforçar muito. Meio campo classudo, que jogava sempre de cabeça erguida, desfilou seu futebol durante as décadas de 70 e 80. Em Copas, não teve o mesmo sucesso que teve em seus clubes. Em 1978, a França foi eliminada na primeira fase. Em 1982, uma dramática eliminação nas semifinais contra a Alemanha Ocidental. Em 1986, a França enfrentou a Seleção Brasileira nas quartas de final, e naquilo que hoje em dia é um costume, a França saiu vencedora. Nas semi finais,a Alemanha Ocidental,mais uma vez.Para o azar de Platini, e de toda a França, aquela altura, também era um costume os alemães eliminarem os franceses…E não deu outra. França de volta pra casa. E tempos depois, Platini viu um discípulo seu, Zinedine Zidane levantar a tão sonhada Taça Fifa .

peter

Zico : Qualquer um que não tenha vivido na Lua nos últimos 30 anos,sabe da importância do Galinho para o futebol mundial. Jogando ao lado de Júnior, Leandro,Sócrates, Falcão e Serginho Chulapa,Zico fez parte daquelas que são apontadas como as melhores seleções depois da seleção brasileira de 1970.
Em 1982, um Paolo Rossi endiabrado tratou de marcar três gols e despachar o esquadrão canarinho de volta. Em 1986,alegria de Platini, tristeza de Zico. O Galinho errou no tempo normal o pênalti que poderia classificar o Brasil. Acertou na disputa de pênaltis, é bem verdade. Mas se tivesse convertido a cobrança no tempo normal, tudo seria diferente…

Fussball: WM 1986 in Mexiko

Di Stéfano: Nascido na Argentina, o artilheiro que marcou impressionantes 818 gols em 1115 jogos, fez um esforço danado para ganhar a Copa do Mundo. Defendeu TRÊS SELEÇÕES, em uma época em que se naturalizar não era tão difícil, e mesmo assim, eram poucos os que ousavam “trair” a Pátria Mãe.
Di Stéfano  jogou por Argentina, Colômbia e Espanha, entre as décadas de 40 e 60. Sem sucesso em nenhuma das três empreitadas. E não foi por falta de futebol.Muito menos por falta de tentativas.

peter

Citei apenas alguns gênios, mas existem muitos jogadores com potencial gigantesco que não tiveram a oportunidade de dar a volta olímpica mais importante do futebol, enquanto muitos jogadores comuns que estavam em fortes seleções, podem se dizer campeões do mundo.

E em breve, a parte dois, além de um especial sobre os cabeças de bagre campeões.

Até a próxima!

Anúncios

Um comentário sobre “Grandes Jogadores Que Nunca Venceram Uma Copa Do Mundo – Parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s