Obrigado, mestre Telê

O feriado de 21 de abril deveria ser todo seu. Um verdadeiro mártir, que emergiu do inferno para conquistar o mundo uma, duas vezes.

Para nascer e morrer nas lindas Minas Gerais, você foi um jogador de rara classe nas Laranjeiras. Depois, um técnico cujo carisma era um mistério em meio às profundas rugas do rosto sisudo.

Não havia entrevistas coletivas, palavras difíceis. Eram você, seu chiclete e os nervos à flor da pele.

Obsessão era palavra-chave em tudo o que fazia. Acordava cedo, chegava antes do próprio dia. Analisava o mato que crescia por entre o gramado do Centro de Treinamento. Arrancava aquilo que não servia, depurava, apurava, lapidava.

Fez o Macedo jogar bola, arrumar os dentes e perceber que carro do ano não era a principal coisa na vida de um homem. Ensinou o Cafu a cruzar. Colocou pimenta no Raí a ponto de salvar o mundo de um Ganso versão 1990. Montou e orquestrou a maior seleção de todos os tempos que jamais coisa alguma ganhou. Não quis vencer em 1982 só para mostrar que o futebol é imprevisível, ainda que Sócrates e Zico queiram mostrar o contrário com tamanha categoria.

Ergueu um monstro chamado Libertadores da América. Conquistou um título relegado às traças e o fez parecer importante, tamanha a arte com o qual fora erguido pelo Tricolor do Morumbi. Uniu futebol e poesia. Colocou suas mãos rudes a favor de uma beleza minuciosamente calculada – e eternamente apreciada.

Nove anos após sua partida, os são-paulinos ainda lamentam sua partida e relembram suas obras como em um sonho. Mas parece que acordamos. Você foi embora, Telê. E, talvez de maneira justa, o futebol jaz junto aos que lhe são de direito.

Porque aqueles que sobraram jamais hão de merecê-lo como você. Obrigado, Mestre.

Por Rodolfo “Lex Luthor” Araújo

 

Anúncios

2 comentários sobre “Obrigado, mestre Telê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s