José Rico fez a União Barbarense cantar de glória

Porra. Uma luz vermelha deve ter se apagado em algum lugar deste mundo com a morte do José Rico.

Além de grande cantor, era, acima de tudo, boleiro – torcia apaixonadamente para o Independente de Limeira (rival da Inter) e União Agrícola Barbarense (saudade daquele time do fim da década de 90).

O melhor presente que poderia acontecer seria o acesso das duas equipes para a primeira divisão do Campeonato Paulista. O Independente está muito próximo. Avante, Galo da Vila!

Quem sabe eles não repetirão, um dia, a história da arquirrival Inter de Limeira? Seria uma grata homenagem ao Garganta de Ouro. Quem lembra o time da Inter de 1986? Silas; João Luís, Juarez, Bolívar e Pécos; Manguinha, Gilberto Costa e João Batista; Tato, Kita e Lê. No dia 31 de agosto daquele ano, 104.136 pagantes assistiram à final do Campeonato Paulista entre Inter de Limeira x Palmeiras. Isso na época em que o Morumbi NÃO TINHA AMORTECEDOR NA ARQUIBANCADA.

interdelimeira
A grande Inter de Limeira de 1986

A Inter se sagraria campeã após um 0x0 e 2×1 na partida final. Kita era um dos craques daquele time. Como a imprensa esportiva paulistana não entendia o que estava acontecendo, deram o nome fajuto de Dinamarca Caipira. Era pouco. A Inter naquele ano levaria a Taça de Invictos e teria meio time na seleção do campeonato.

O time com um ENORME Ajinomoto na camisa deixaria o alviverde na fila até 1993. O treinador era Pepe, o Canhão da Vila.

Vamos acabar com a audaxização e redbullização do futebol por mitos como Independente de Limeira e União Barbarense. Um pouco de interior, por favor!

Monumento próximo desta campanha só o castelo com 100 quartos que José Rico deixou na cidade de Limeira. Maluco? Nós somos também. Agora fico pensando nele e suas tentativas de ser investidor no futebol, político, mas apago tudo isso da memória.

Tento me lembrar do boleiro de José de Belmonte-PE, Douradense-MS, Fátima do Sul-MG, Terra Rica-PR, onde desistiu e foi ser cantor. Com voz potente e uma grande paixão. Nosso boi cego.

Também da lendária “Estrada da Vida”, que virou filme nos olhos do precursor do Cinema Novo, Nelson Pereira dos Santos.

José Rico também era louco por caminhão, mas foi nos campos que continuou a estrada, além da música. Por mais de 15 anos, foi do time veterano da União Agrícola Barbarense, agremiação que um dia teve Armelino Donizetti Quagliato, o Zetti, no gol.

mansao_4
A mansão do Zé Rico

Levou, como diretor, a equipe de Santa Bárbara para a primeira divisão paulista em 2013.

Mas o que mais me aperta a lembrança é da primeira vez que estive em um bordel e pude realizar um grande sonho: dançar sozinho, embaixo daquelas luzes vermelhas, ouvindo Milionário e José Rico.

Nada melhor que dançar com uma bailarina imaginária ao som de qualquer sucesso dos Gargantas de Ouro do Brasil. Um exercício fundamental para um homem qualquer. Um maluco embriagado por aqueles ares de puro amor.

Nunca reduziria sua arte para apenas esses locais, mas era o detalhe necessário para a noite ser mais apaixonante – seja em Valinhos, Vinhedo, Americana, Limeira, Santa Bárbara – onde nosso coração deixar.

Por aqui, uma luz vermelha também se apaga, em respeito à memória de José Rico, do Independente de Limeira e União Barbarense. Um leão e um galo que lutam para voltar aos seus dias melhores.

De longe, também se ama.

Trecho do Filme “Estrada da Vida”, 1980. Direção: Nelson Pereira dos Santos

Lances da Copa Zé Rico, tradicionalmente realizada em Ubiratã-PR. O boleiro vestia a 10, é claro.

#RIPJoséRico

#RIPFutebol

Por Ricardo “Gordel” Morais

(N.R.: O Estado de S. Paulo adorou este texto do RIP e publicou versão extendida em sua edição dominical de 8 de março de 2015)

Anúncios

3 comentários sobre “José Rico fez a União Barbarense cantar de glória

  1. Hoje(28/03/2015) acontece União Barbarense x Independente de Limeira pela Serie A-2 do Paulista!
    #vaigalo
    #vamosubigalo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s